Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5987
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorNogueira, Francielle Câmarapt_BR
dc.contributor.authorSouza, João Francisco Pinho de-
dc.date.accessioned2023-09-12T11:17:29Z-
dc.date.available2023-09-12T11:17:29Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationSOUZA, João Francisco Pinho de. Desenvolvimento de rota de beneficiamento de minério de ferro em escala piloto com o concentrador gravítico Reflux Classifier. 2023. 62 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Minas) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5987-
dc.description.abstractO presente trabalho investigou a viabilidade técnica de implementação de uma rota de processamento mineral utilizando separação gravítica para a produção de sinter feed a partir de um minério de ferro oxidado. O objetivo principal do trabalho foi gerar um concentrado final com um teor mínimo de 67% Fe e teores máximos de 3% do somatório de SiO2, Al2O3, P e Mn. O minério utilizado no processo apresentava top size de 1,00 mm. Para os experimentos, o minério foi divido em três frações granulométricas: -1,00mm+0,40mm; -0,40mm+0,10mm; e -0,10mm. Cada fração foi processada separadamente de acordo com suas características. As duas primeiras frações, -1,00mm+0,40mm e -0,40mm+0,10mm, foram submetidas a ensaios em escala bancada utilizando meio denso, bem como ao equipamento Reflux Classifier em escala piloto. A fração mais fina (-0,10mm) foi direcionada para múltiplas etapas de separação magnética e deslamagem, que não foram foco deste estudo. A alimentação e os produtos gerados nos experimentos foram caracterizados em relação as suas características químicas e granulométricas. O concentrado final atendeu a todas as especificações para a produção de sinter feed, com uma recuperação mássica e metalúrgica de 48,59% e 67,36%, respectivamente, e teor de ferro de 67,70% e 1,87% do somatório de SiO2, Al2O3, P e Mn.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectBeneficiamento de minériopt_BR
dc.subjectMinério de ferropt_BR
dc.subjectSeparação -tecnologia - separação gravíticapt_BR
dc.subjectMinas e recursos minerais - Processamento mineralpt_BR
dc.titleDesenvolvimento de rota de beneficiamento de minério de ferro em escala piloto com o concentrador gravítico Reflux Classifier.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeNogueira, Francielle Câmarapt_BR
dc.contributor.refereeRamos, Kerollan da Silvapt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Mariana Caroline Andradept_BR
dc.description.abstractenThe present work investigated the technical feasibility of implementing a mineral processing route using gravity separation to produce sinter feed from an oxidized iron ore. The main objective of the work was to generate a final concentrate with a minimum content of 67% Fe and maximum combined contents of 3% for SiO2, Al2O3, P and Mn. The ore used in the process had a top size of 1.00 mm. The ore was divided into three particle size fractions for the experiments: -1.00mm+0.40mm; -0.40mm+0.10mm; and -0.10mm. Each fraction was processed separately according to its characteristics. The first two fractions, -1.00mm+0.40mm and -0.40mm+0.10mm, were subjected to benchscale tests using dense liquid, as well as the Reflux Classifier equipment on a pilot scale. The finest fraction (-0.10mm) was sent for multiple stages of magnetic separation and desliming, which were not the focus of this study. The feed and products generated in the experiments were characterized in terms of their chemical and granulometric characteristics. The final concentrate met all the specifications to produce sinter feed, with a mass and metallurgical recovery of 48.59% and 67.36%, respectively, and an iron content of 67.70% and 1.87% of the total of SiO2, Al2O3, P and Mn.pt_BR
dc.contributor.authorID18.1.1243pt_BR
Appears in Collections:Engenharia de Minas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_DesenvolvimentoRotaBeneficiamento.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons