Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5596
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDelgado, Victor Maia Sennapt_BR
dc.contributor.authorLage, Amanda Karolini Nunes-
dc.date.accessioned2023-05-22T18:40:46Z-
dc.date.available2023-05-22T18:40:46Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationLAGE, Amanda Karolini Nunes. Distribuição racial no Brasil: uma comparação entre o Censo Educacional e a Prova Brasil entre os anos 2007 e 2017. 2023. 43 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5596-
dc.description.abstractTanto o EducaCenso quanto a Prova Brasil, são dois importantes instrumentos de avaliação e monitoramento educacional no Brasil. O objetivo deste trabalho é realizar uma verificação da precisão dos dados quanto a declaração de raça comparando as similaridades e diferenças. A comparação desses dados contribuiu para verificar se a declaração de cor dos alunos no EducaCenso está correta e precisa. Isso é importante, visto que os dados precisos são essenciais para a elaboração de políticas públicas e programas educacionais mais eficientes e direcionados para as necessidades específicas de cada região e grupo social, que visam reduzir as desigualdades e garantir a equidade no acesso e no aprendizado escolar. É importante destacar que a declaração de cor é uma informação sensível e que deve ser tratada com cuidado. Garantir que os dados de declaração de cor da Prova Brasil sejam parecidos com os do EducaCenso pode ajudar a evitar discrepâncias nos dados e a proteger a privacidade dos alunos. Ao contrário do que tem ocorrido desde a criação do novo EducaCenso e a Prova Brasil em 2007, a importância dos dados de declaração de cor da Prova Brasil ser parecida com os do EducaCenso está relacionada com a garantia da qualidade e precisão das informações utilizadas para avaliar e monitorar a educação no Brasil e com a proteção da privacidade dos alunos. Após as análises de dados, concluímos que existe uma divergência entre os dois bancos de dados, onde o percentual de alunos declarados pretos e pardos pelo EducaCenso é estatisticamente inferior aos dados declarados na Prova Brasil.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAvaliação educacional - Brasilpt_BR
dc.subjectCenso escolarpt_BR
dc.subjectEducação - Brasilpt_BR
dc.titleDistribuição racial no Brasil : uma comparação entre o Censo Educacional e a Prova Brasil entre os anos 2007 e 2017.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeSantos, Cristiane Márcia dospt_BR
dc.contributor.refereeTorres, Carlos Eduardo da Gamapt_BR
dc.contributor.refereeDelgado, Victor Maia Sennapt_BR
dc.contributor.authorID17.2.3434pt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_DistribuiçãoRacialBrasil.pdf745,12 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons