Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1756
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeal, Elisângela Martinspt_BR
dc.contributor.authorRamos, Victória Regina-
dc.date.accessioned2019-05-28T14:57:27Z-
dc.date.available2019-05-28T14:57:27Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationRAMOS, Victória Regina. Análise técnica do uso de etanol em um motor de combustão interna para diferentes razões de compressão. 2019. 64 f. Monografia (Graduação em Engenharia Mecânica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1756-
dc.description.abstractAtualmente, diversos estudos estão sendo desenvolvidos na busca de melhorias nos motores de combustão interna, os quais possuem como desafio o aumento da eficiência do motor e a redução dos níveis de emissão. Como forma de contribuir para esses estudos, o presente trabalho tem como proposta o auxílio à otimização contínua do motor de combustão interna, com o uso de um biocombustível, através de uma análise mais direcionada. Esta análise representa uma pesquisa descritiva que busca investigar a influência da razão de compressão no desempenho operacional de um motor de combustão tendo etanol como combustível. Através da simulação computacional, utilizando o software Lotus Engine, foi possível registrar resultados de potência, torque, consumo, pressão média efetiva (BMEP) e eficiência volumétrica para diferentes razões de compressão e obter, também, a mistura ar-combustível ideal para a operação do motor movido a etanol. A análise foi realizada em dois modelos monocilíndricos de motores, o primeiro modelo adotado está disponível no manual do software, enquanto o segundo é baseado em um motor veicular comercializado. Com os resultados obtidos foi possível perceber que o motor a etanol possui um melhor desempenho operacional na mistura estequiométrica, onde a razão de equivalência é igual a um, operando com razões de compressão superiores a gasolina. Ao realizar a simulação computacional para uma razão de compressão comum entre os motores veiculares (11:1), pode-se notar que o etanol apresentou, em relação a gasolina, uma redução de 7,53% da potência, de 6,77% do torque, de 6,96% da BMEP, enquanto o consumo específico aumentou 67,55%. No geral, pode-se dizer que os melhores resultados de desempenho registrados para o etanol foram para a razão de compressão de 14:1 para o primeiro modelo e de 14,5:1 para o segundo modelo computacional. Assim, o presente trabalho tem como intenção mostrar que quanto maior a razão de compressão melhor será a resposta do etanol na operação do motor de combustão interna, sendo possível atingir valores compatíveis com os da gasolina, mesmo apresentando um menor poder calorifico.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectMotor de combustão internapt_BR
dc.subjectEtanolpt_BR
dc.subjectCombustãopt_BR
dc.titleAnálise técnica do uso de etanol em um motor de combustão interna para diferentes razões de compressão.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 27/05/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeLeal, Elisângela Martinspt_BR
dc.contributor.refereeBortolaia, Luís Antôniopt_BR
dc.contributor.refereeRocha, Ana Maura Araújopt_BR
dc.description.abstractenCurrently, several studies are being developed in search of improvements in internal combustion engines, which have as challenge the increase of the engine efficiency and the reduction of emission levels. As a way to contribute to these studies, this work has as its aim the aid to the continuous optimization of the internal combustion engine with the use of a biofuel, through a more targeted analysis. This analysis represents a descriptive research that investigates the influence of the compression ratio on the operational performance of a combustion engine with ethanol as the fuel. Through computer simulation, using Lotus Engine Software, it was possible to analyze power, torque, consumption, brake mean effective pressure (BMEP) and volumetric efficiency results for different compression ratios and to prove the ideal air-fuel mixture for the operation of the ethanol driven engine. The analysis was performed in two single cylinder models of engines, the first model adopted was available in the software manual, while the second model is based on a commercial vehicle engine. With the results obtained it was possible to notice that the ethanol engine has a better operational performance in the stoichiometric mixture, where the equivalence ratio is equal to one and operating with compression ratios higher than gasoline. When performing the computational simulation for a common compression ratio between the motors (11:1), it can be observed that ethanol had, regarding gasoline, a reduction of 7.53% of the power, of 6.77% of torque, of 6.96% of the BMEP, while the specific consumption increased 67.55%. In general, it can be said that the best performance results recorded for ethanol were for the compression ratio of 14:1 for the first model and 14,5:1 for the second computational model. Thus, the present work intends to show that the higher the compression ratio the better the ethanol response in the operation of the internal combustion engine, being possible to reach values compatible with gasoline, even with a lower heating value.pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseTécnicaUso.pdf2,58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons