Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/745
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSantos, Cristiane Márcia dospt_BR
dc.contributor.authorResende, Laís Aparecida-
dc.date.accessioned2018-02-22T16:35:39Z-
dc.date.available2018-02-22T16:35:39Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationRESENDE, Laís Aparecida. Efeito da educação no crescimento econômico do Brasil no período de 1991 a 2013. 2016. 32 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/745-
dc.description.abstractHá uma grande relação existente entre o desenvolvimento e os níveis de educação de um país, em que quando se tem um maior número de anos de estudo as chances de entrar no mercado de trabalho também aumentam. Contudo, o investimento em educação permite alcançar maiores índices de desenvolvimento e também pode gerar ampliações no nível educacional da população, em geral. No Brasil há grandes disparidades relacionadas aos níveis educacionais existentes, tanto nas regiões quanto nos estados brasileiros. A desigualdade na distribuição de renda é algo que piora a economia e que está presente em todo o país. Apesar de lenta, a educação no Brasil tem apresentado uma posição melhor, uma vez que a busca pelo conhecimento e por melhores condições de vida proporcionam não só a mudança, mas também o crescimento econômico. Pensando nisso este estudo analisou o crescimento econômico do Brasil através do modelo de dados em painel, tendo o PIB como variável dependente e três variáveis explicativas que são anos de estudo, anos de estudo ao quadrado e população ocupada, no período de 1991 a 2013. As variáveis mostraram a existência de um impacto que exercem sobre o crescimento econômico do Brasil, bem como a influência positiva do acúmulo de capital humano sobre esse crescimento econômico, indicando que um aumento da escolaridade da população gera um maior crescimento do país. Assim, conclui-se que no período analisado a educação influenciou no desenvolvimento do Brasil, apesar de se ter um crescimento lento a educação é um dos principais fatores que eleva o desenvolvimento econômico brasileiro.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectCrescimento econômicopt_BR
dc.titleEfeito da educação no crescimento econômico do Brasil no período de 1991 a 2013.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC da UFOP pelo autor(a), 26/08/2016, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.3, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.contributor.refereeSantos, Cristiane Márcia dospt_BR
dc.contributor.refereeOliveira, André Mourthé dept_BR
dc.contributor.refereeCosta, Ricardo André dapt_BR
dc.description.abstractenThere is a great relationship between the development and levels of education in a country when it has a greater number of years of study the chances of entering the labor market increase. However, investment in education will achieve greater development indices and can also generate expansions in the educational level of the population in general. In Brazil there are great disparities related to existing educational levels, both in the regions and in the states. The inequality in the distribution of income is something that worsens the economy and that is present in the whole country. Although slow, the education in Brazil has presented a better position, since the search for knowledge and for better living conditions provides not only change but also economic growth. Thinking about it, this study analyzed Brazil's economic growth through the data model panel, with GDP as the dependent variable and three explanatory variables are years of study, years of education squared and employed population, from 1991 to 2013. The variables showed the existence of an impact they have on the economic growth of Brazil, as well as the positive influence of human capital accumulation on this economic growth, indicating that an increase in population education yields a larger growth. Thus, it is concluded that in the period analyzed education influenced the development of Brazil, despite having a slow growth education is a major factor that elevates the Brazilian economic development.pt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_EducaçãoCrescimentoEconômico.pdf806,97 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons