Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/728
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerreira, Renato Melopt_BR
dc.contributor.authorSobreira, Diana Izaías-
dc.date.accessioned2018-02-15T20:43:11Z-
dc.date.available2018-02-15T20:43:11Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationSOBREIRA, Diana Izaías. Relação entre o potencial esportivo de jovens alunos atletas e coping. 2018. 24 f. Monografia (Graduação em Educação Física) - Centro Desportivo, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/728-
dc.description.abstractO objetivo do presente estudo foi analisar as diferenças nas habilidades psicológicas de coping entre alunos-atletas do Colégio Militar de Juiz de Fora em função do seu potencial esportivo avaliado pelo treinador. Foram avaliados 395 alunos-atletas, de ambos os sexos, na faixa etária entre 11 a 18 anos. O instrumento utilizado foi o Athletic Coping Skills Inventory-28, na versão em português (ACSI-28BR), para a avaliação do potencial esportivo, os treinadores foram questionados quanto à expectativa futura que deposita em cada um dos alunos-atletas, numa escala de 1 a 5, onde os indivíduos que receberam notam 1, 2 e 3 foram classificados como baixo potencial, e os que receberam nota 4 e 5 foram classificados como alto potencial. Como resultado geral, verificou-se que os alunos-atletas de alto potencial apresentam escores maiores em todas as subescalas do questionário, ou seja, lidam melhor com o estresse. Contudo, conclui-se que as habilidades psicológicas podem ser um fator discriminante na determinação do desempenho esportivo.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectPotencial esportivopt_BR
dc.subjectJovens atletaspt_BR
dc.titleRelação entre o potencial esportivo de jovens alunos atletas e coping.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC da UFOP pelo autor (a), 15/02/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.3, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.contributor.refereeGarbin, Tânia Rossipt_BR
dc.contributor.refereeRocha, Maria Teresa Sudáriopt_BR
dc.contributor.refereeFerreira, Renato Melopt_BR
dc.description.abstractenThe objective of the present study was to analyze the differences in coping psychological abilities among students-athletes of the Military College of Juiz de Fora in function of their sports potential evaluated by the coaches. We evaluated 395 student-athletes, of both sexes, in the age group between 11 and 18 years. The instrument used was the Athletic Coping Skills Inventory-28, in the Portuguese version (ACSI-28BR), for the evaluation of the sports potential, the coaches were questioned about the future expectation that deposits in each of the student-athletes, on a scale of 1 to 5, where the individuals who received scores 1, 2 and 3 were classified as low potential, and those who received scores 4 and 5 were classified as high potential. As a general result, it was found that high-potential student-athletes had higher scores on all the subscales of the questionnaire, that is, they deal better with stress. However, it is concluded that psychological skills can be a discriminating factor in determining sports performance.pt_BR
Appears in Collections:Educação Física - Bacharelado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_RelaçãoPotencialEsportivo.PDF887,9 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons