Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5324
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHorst, Claudio Henrique Mirandapt_BR
dc.contributor.authorCosta, Júnia Marise Fernandes da-
dc.date.accessioned2023-04-04T19:01:03Z-
dc.date.available2023-04-04T19:01:03Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationCOSTA, Júnia Marise Fernandes da. O direito à moradia e o enfretamento aos problemas de habitação: um enfoque no contexto da cidade histórica de Ouro Preto. 2023. 56 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5324-
dc.description.abstractEmbora seja um direito garantido pela Constituição Federativa de 1988, a Política de Habitação é um direito que não se efetiva como deveria no Brasil, quando se observa a presença de habitações, em grande maioria, construídas em áreas de altos riscos geológicos. Em se tratando da cidade histórica de Ouro Preto-MG, após leituras de laudos técnicos da Defesa Civil, foi possível identificar que a referida cidade histórica se encontra em um terreno montanhoso e acidentado, sendo que a sua ocupação se deu tendo em vista a exploração mineral a partir do século XVIII. A expansão inadequada dos espaços, em conjunto ao povoamento excessivo na cidade, somou-se à ausência do direito à terra, trabalho e habitação, levando grande parte das frações das classes trabalhadoras a se localizarem em áreas de “risco”. Diante desse cenário, os objetivos deste estudo foram: analisar a formação sócio-histórica de Ouro Preto a fim de compreender a questão habitacional na cidade; e analisar a política de habitação da cidade de Ouro Preto para compreender seus limites e possibilidades. Para tanto, seguiu-se uma metodologia qualitativa, bibliográfica, considerando a observação da análise do movimento concreto da realidade, a partir do método construído pelo teórico Karl Marx, o materialismo histórico dialético. Concluiu-se que a Política de Habitação vem para dar uma resposta às expressões da “questão social”, diretamente ligadas à historicidade do país e, principalmente, ao escravismo e ao desenvolvimento do capitalismo dependente. Com isso, é preciso que os assistentes sociais estejam sempre atualizados, pois o Projeto Ético Político nasce com o predomínio de intenção de ruptura com o conservadorismo adotando perspectiva crítica.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectHabitaçãopt_BR
dc.subjectOuro Pretopt_BR
dc.subjectServiço socialpt_BR
dc.titleO direito à moradia e o enfretamento aos problemas de habitação : um enfoque no contexto da cidade histórica de Ouro Preto.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeMascarenhas, Raquel Motapt_BR
dc.contributor.refereeReis, Marina Rodrigues Corrêa dospt_BR
dc.contributor.refereeHorst, Claudio Henrique Mirandapt_BR
dc.description.abstractenAlthought it is a right guaranteed by the Federal Constitution of 1998, the Housing Policy is a right that doesn’t ake effect as it should in Brazil, whn one observes the presence of housing, in the vast majority, built in áreas of high geological risk. In the case of the historic city of Ouro Preto-MG, after Reading technical reports form the Civil Defense, it was possible to identify that the said historic city is located in a mountainous and rgugged terrain, and its occupation was given with a view to exploring mineral form the 18th century. The inadequate expansion of Spaces, together with the excessive population in the city, added to the absence of the right to lando, wor and housing, Leading a large part of the fractions of the working classes to be located in “risk” areas. Given this scenario, the objectives of this study were: to analyze the socio-historical formation or Ouro Preto in order to understando the housing issue in the city; and analyze the housing policy of the city of Ouro Preto to understand its limits and possibilities. For that, a qualitative, bibliographical methodology was followed, considering the observation of the analysis of the concrete movement or reality, from te method construted by the theorist Kal Marx, dialectical historical materialism; as well as research in periodicals, magazines, among other sources. It was concluded that the Housing Policy comes to respond to the expressions of the “social question”, directly linked to the country’s historicity and, mainly, to slavery and the development of dependent capitalism. With this, it is necessary that social Workers are Always up to date attentive to the new model of society, since the Political Ethical Project was born with the predominance of intention to break with conservatism, adopting a critical perspective based on Marxist theoritical and methodological references.pt_BR
dc.contributor.authorID18.1.5846pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_DireitoMoradiaEnfrentamento.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons