Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5182
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeite, Mariangela Garcia Praçapt_BR
dc.contributor.advisorFujaco, Maria Augusta Gonçalvespt_BR
dc.contributor.authorChaves, Natália Lessa-
dc.date.accessioned2023-03-07T12:56:26Z-
dc.date.available2023-03-07T12:56:26Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationCHAVES, Natália Lessa. Avaliação e diagnóstico de uma nascente degradada por mau uso do solo em Santo Hipólito - MG. 2023. 91 f. Monografia (Graduação em Engenharia Geológica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5182-
dc.description.abstractA contribuição de microbacias para a disponibilidade de água com qualidade e a quantidade necessárias ao abastecimento de populações rurais é indiscutível. Isso é especialmente verdadeiro para microbacias com nascentes degradadas em áreas kársticas. O cercamento de nascentes nestas áreas tem o potencial de mudar substancialmente a qualidade e a quantidade de águas de microbacias tropicais. Este é o caso do local deste estudo, localizada sobre rochas do Grupo Bambuí, no Município de Santo Hipólito-MG. Para se avaliarem os serviços ambientais dessa microbacia, foram monitoradas a precipitação acumulada diária, a taxa de infiltração, a vazão de seu córrego principal, ao longo de 18 meses, assim como a qualidade de suas águas superficiais, e de subsuperfície. Foram coletadas 183 amostras para a caracterização química da área estudada, subdivididas em: análise isotópica de elementos químicos estáveis (H e O) somando 10 amostras, 123 amostras para caracterização de elemento maiores, menores e traço, analisadas em um ICP-OES e estudo aniônico através do colorímetro HACH® totalizando 50 amostras. A microbacia Sambaíba apresenta vazão média de 5,13 x 10-5 m3/s e 184 L/h, demostrando a sua pequena extensão e volume d’água. Um lisímetro, foi instalado especialmente para este estudo, possibilitando a averiguação de sua taxa de infiltração com valores entre 16 e 22%. Com base nos dados obtidos, o solo, a água superficial e subsuperficial que abastecem a microbacia apresentam fortes indícios de contaminação por atividades antrópicas, com elevadas concentrações de nitrato e de cloro livre. No mais, o elemento Cd também mostra valores alarmantes para as águas do aquífero, acima dos padrões brasileiros de potabilidade utilizados nesse estudo (CONAMA 357 (2005), CONAMA 396 (2008) e Portaria GM/MS Nº 888 (2021)) reiterando a contaminação do ambiente por meio de sistemas agropastoris.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectGeologia ambientalpt_BR
dc.subjectServiços ambientaispt_BR
dc.subjectMeio ambiente - contaminaçãopt_BR
dc.subjectMicrobaciaspt_BR
dc.subjectCarstept_BR
dc.titleAvaliação e diagnóstico de uma nascente degradada por mau uso do solo em Santo Hipólito - MG.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeLeite, Mariangela Garcia Praçapt_BR
dc.contributor.refereeLeão, Lucas Pereirapt_BR
dc.contributor.refereeCosta, Adivane Terezinhapt_BR
dc.description.abstractenThe contribution of microbasins to the availability of water with the quality and quantity necessary for the supply of rural populations is indisputable. This is especially true for watersheds with degraded springs in karstic areas. The fencing of springs in these areas has the potential to substantially change the quality and quantity of water in tropical watersheds. This is the case of the location of this study, located on rocks of the Bambuí Group, in the municipality of Santo Hipólito-MG. To evaluate the environmental services of this micro-basin, the flow of its main creek was monitored for 18 months, as well as the quality of its surface and subsurface waters. 183 samples were collected for the chemical characterization of the studied area, subdivided into the isotopic analysis of stable chemical elements (H and O) adding 10 samples, 123 samples for characterization of larger, smaller and trace elements, analyzed in an ICP-OES and anionic study through the HACH® colorimeter totaling 50 samples. The Sambaíba micro-basin has an average flow of 5.13 x 10-5 m3/s and 184 L/h, demonstrating its small extension and volume of water. A lysimeter was especially installed for this study, enabling the investigation of infiltration rate, presenting values that varied between 16 and 22%. based on collected data, the soil, surface, and subsurface water that supply the watershed present compelling evidence of contamination by anthropic activities, with high concentrations of nitrate and free chlorine. In addition, the element Cd also shows alarming values for the waters of the aquifer, above the Brazilian potability standards used in this study estudo (CONAMA 357 (2005), CONAMA 396 (2008) e Portaria GM/MS Nº 888 (2021)) reiterating the contamination of the environment through agropastoral activities.pt_BR
dc.contributor.authorID16.1.1433pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Geologica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AvaliaçãoDiagnósticoNascente.pdf3,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.