Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5088
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorNeves, Davi das Chagaspt_BR
dc.contributor.authorMarques, André Oliveira-
dc.date.accessioned2023-01-20T11:36:20Z-
dc.date.available2023-01-20T11:36:20Z-
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.citationMARQUES, André Oliveira. Análise aerodinâmica de um veículo do tipo fórmula SAE através de simulações CFD. 2017. 66 f. Monografia (Graduação em Engenharia Mecânica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5088-
dc.description.abstractO estudo aerodinâmico para carros de competição é um dos mais relevantes e determinantes para um bom desempenho final do veículo. Os métodos mais antigos para realizar esse estudo, como o túnel de vento ou os próprios testes em pista, exigem grandes esforços físicos (estruturais) e, muitas vezes, financeiros. Com a evolução da tecnologia e técnicas computacionais, um novo método para realizar estudos aerodinâmicos vem ganhando cada vez mais espaço, a Fluido Dinâmica Computacional (Computational Fluid Dynamics – CFD). Através desse método é possível realizar simulações em diversas vertentes e variar parâmetros sem grandes dificuldades, características que são muito interessantes para estudos sobre aerodinâmica. Nas competições universitárias de FSAE (Formula Society Automotive Engineer), onde o propósito é que os estudantes desenvolvam veículos do tipo Fórmula (baseado em regulamento), o estudo aerodinâmico é comum e várias equipes utilizam dispositivos para, principalmente, gerar mais downforce, a fim de otimizar o desempenho do veículo. Porém, devido à baixa velocidade média observada na competição, é muito discutido se dispositivos aerodinâmicos realmente valem a pena, considerando que além de downforce eles inevitavelmente geram, também, uma força de arrasto, que é prejudicial para o desempenho do veículo. O objetivo desse estudo é comparar resultados de downforce e arrasto para diferentes modelos genéricos de um veículo FSAE (que respeitem o regulamento), com diferentes configurações aerodinâmicas, através de simulações CFD realizadas no OpenFOAM, que é um software livre e de código aberto. Com isso, espera-se conseguir pelo menos indícios de quais configurações aerodinâmicas são mais eficientes, do ponto de vista de gerar downforce com o mínimo de arrasto.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSimulação CFDpt_BR
dc.subjectFórmula SAEpt_BR
dc.subjectAerodinâmicapt_BR
dc.subjectOpenFOAMpt_BR
dc.titleAnálise aerodinâmica de um veículo do tipo fórmula SAE através de simulações CFD.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeNeves, Davi das Chagaspt_BR
dc.contributor.refereeBortolaia, Luís Antôniopt_BR
dc.contributor.refereeCassino, Flávio Sandro Layspt_BR
dc.description.abstractenThe aerodynamic study for competition cars is one of the most relevant and determining factors for good vehicle performance. Older methods for conducting this study, such as the wind tunnel or even the track tests, require great physical (structural) and financial efforts. With an evolution of technology and computational techniques, a new method for conducting aerodynamic studies has been gaining more and more space, the Computational Fluid Dynamic (CFD). Through this method it is possible to execute simulations on several strands and to vary parameters without great difficulties, characteristics that are very interesting for studies on aerodynamics. In the FSAE (Formula Society Automotive Engineer) college competitions, where the purpose of the students is to develop a Formula-type vehicle (based on regulation), the aerodynamic study is common and several teams use devices to generate more downforce in order to optimize vehicle performance. However, due to the low average speed observed in the FSAE competitions, it is much debated whether aerodynamic devices really pay off, considering that in addition to downforce they inevitably also generate a drag force, which is detrimental to vehicle performance. The objective of this study is to compare downforce and drag results for different generic models of an FSAE vehicle (with respect to the regulation), with different aerodynamic configurations, through CFD simulations performed in OpenFOAM, which is a free and open source software. With this, it is hoped to be able to at least hint which aerodynamic configurations are most efficient from the point of view of generating downforce with the least drag.pt_BR
dc.contributor.authorID12.2.1390pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseAerodinâmicaVeículo.pdf2,1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons