Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3333
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVital, Wendel Courapt_BR
dc.contributor.advisorNascimento, Lúbia Guaimapt_BR
dc.contributor.authorNascimento, Lorena Carla do-
dc.date.accessioned2021-08-31T13:02:53Z-
dc.date.available2021-08-31T13:02:53Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Lorena Carla do. Fatores associados à ideação suicida em jovens universitários. 2021. 58 f. Monografia (Graduação em Farmácia) - Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3333-
dc.description.abstractO suicídio é caracterizado pelo autoextermínio intencional da pessoa e manifesta-se sob a ideação suicida que representa a existência de pensamentos que fortalecem a vontade de se matar, a elaboração de um meio específico de morte; e a tentativa de ações que desencadeiam uma agressão objetivando a morte. O suicídio é apontado como a segunda causa de morte entre os universitários que são uma população de risco pois apresentam baixa satisfação com a vida e são mais deprimidos do que uma população não-estudante de uma idade similar. O objetivo do presente estudo foi investigar a frequência e os fatores associados à ideação suicida em jovens universitários da área de saúde, regularmente matriculados na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Para isso, foi realizado um estudo transversal aplicando um questionário que avaliou questões sociodemográficas, acadêmicas, familiares e comportamentais no período de março a junho de 2019. O questionário foi enviado por e-mail em um formulário do Google e respondido por 493 discentes. Foi observada uma alta frequência de pensamentos suicidas entre os alunos (47,7%), sendo a maior parte da amostra composta por discentes do sexo feminino (79,9%). Por meio de análise multivariada de Poisson, com variância robusta, investigaram-se os fatores associados à ideação suicida que são: nível de ansiedade moderada (RP=2,0; IC95% 1,3 – 3,1) e grave (RP=2,6; IC95% 1,7 – 4,1); ruim convivência com familiares pai ou mãe (RP=1,2; IC95% 1,1 – 1,6) ou ambos (RP=2,1; IC95% 1,3 – 2,6) e o uso de drogas ilícitas (RP=1,4; IC95% 1,2 – 1,8). Os achados encontrados no presente estudo poderão auxiliar no entendimento da situação emocional enfrentada pelos jovens universitários da área da saúde da UFOP e os fatores que influenciam a ideação suicida dos mesmos, pois a identificação dos aspectos que se associam à presença de tais ideias constitui uma importante ferramenta para que ações de proteção e prevenção do suicídio possam ser planejadas e implementadas no meio acadêmico.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectJovens - comportamento suicidapt_BR
dc.subjectEstudantes universitáriospt_BR
dc.subjectBeck, Escala de ideação suicidapt_BR
dc.subjectSuicidiopt_BR
dc.titleFatores associados à ideação suicida em jovens universitários.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeVital, Wendel Courapt_BR
dc.contributor.refereeNascimento, Lúbia Guaimapt_BR
dc.contributor.refereeNascimento, Renata Cristina Rezende Macedo dopt_BR
dc.contributor.refereeReis, Maria Benedita Barbosapt_BR
dc.description.abstractenSuicide is characterized by the person's intentional self-extermination and manifests itself under suicidal ideation, which represents the existence of thoughts that strengthen the will to kill, the elaboration of a specific means of death; and the attempt of actions that trigger an aggression aimed at death. Suicide is appointed as the second leading cause of death among college students who are an at-risk population because they have low life satisfaction and are more depressed than a non-student population of a similar age. The aim of the present study was to investigate the frequency and factors associated with suicidal ideation in young university students in the health area, regularly enrolled at the Federal University of Ouro Preto. For this, a cross-sectional study was carried out using a questionnaire that assessed sociodemographic, academic, family and behavioral issues from March to June 2019. The questionnaire was sent by email in a Google form and answered by 493 students. A high frequency of suicidal thoughts was observed among students (47.7%), with the majority of the sample composed of female students (79.9%). Through Poisson's multivariate analysis, with robust variance, the factors associated with suicidal ideation were investigated, which are: moderate (PR=2.0; 95%CI 1.3 – 3.1) and severe (PR=2) anxiety level .6; 95%CI 1.7 - 4.1); poor living with family members, father or mother (PR=1.2; 95%CI 1.1 - 1.6) or both (PR=2.1; 95%CI 1.3 - 2.6) and the use of illicit drugs ( PR=1.4; 95%CI 1.2 - 1.8). The findings found in this study may help to understand the emotional situation faced by young university students in the health area of UFOP and the factors that influence their suicidal ideation, as the identification of aspects that are associated with the presence of such ideas is an important tool so that suicide protection and prevention actions can be planned and implemented in the academic environment.pt_BR
dc.contributor.authorID14.2.2349pt_BR
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Lorena Carla do Nascimento CORRIGIDA.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons