Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3314
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSoares, Eva Bessapt_BR
dc.contributor.authorPereira, Mariana Bicalho-
dc.date.accessioned2021-08-30T13:17:54Z-
dc.date.available2021-08-30T13:17:54Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationPEREIRA, Mariana Bicalho. A conciliação do trabalho docente com a maternidade: um estudo em escolas no interior de Minas Gerais. 2021. 39 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Produção) - Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, João Monlevade, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3314-
dc.description.abstractO movimento feminista possibilitou à mulher o ingresso ao espaço público, facilitando o acesso ao estudo, a construção de uma carreira. Entretanto, estas conquistas não significaram a sua desvinculação total ao lar, mas sim uma aglutinação de tarefas. Por isso, o presente trabalho trata da relação entre a jornada de trabalho formal, a maternidade e a realização de atividades domésticas de docentes que atuam em cidades localizadas na Região do Vale do Rio Doce em Minas Gerais – MG, que corresponde ao leste mineiro. A fim de avaliar as mudanças vivenciadas por estas mulheres após o nascimento dos filhos e analisar as estratégias adotadas pelas docentes, visando a conciliação destas áreas, foram realizadas entrevistas, abordando informações a respeito da rotina e percepção destas mulheres a respeito das suas realidades. Os resultados apontam para uma falta de estratégias definidas para conciliação em função da pandemia e a identificação de repercussões negativas da dupla jornada à saúde das docentes.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAmbiente de trabalhopt_BR
dc.subjectMulheres - emprego - maternidadept_BR
dc.subjectProfessores - stress ocupacionalpt_BR
dc.subjectTrabalho - organizaçãopt_BR
dc.titleA conciliação do trabalho docente com a maternidade : um estudo em escolas no interior de Minas Gerais.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeSoares, Eva Bessapt_BR
dc.contributor.refereeAlves, Jean Carlos Machadopt_BR
dc.contributor.refereePinto, Rafael Lucas Machadopt_BR
dc.description.abstractenThe feminist movement made possible for women to enter in the public space and facilitate access to study and the construction of a career. However, these achievements did not mean their total disassociation from the home, but an agglutination of tasks. Therefore, the present work treats the relation between formal working day, maternity and the realization of domestic activities of teachers who work in cities located in the region of Vale do Rio Doce in Minas Gerais – MG, which corresponds to the east of Minas Gerais. In order to evaluate the changes experienced by these women after the birth of their children and analyze the strategies adopted by the teachers, aiming at the conciliation of these areas, interviews were done, covering information about the routine and the perception of these women about their realities. The results point to a lack of defined strategies for reconciliation due to the pandemic and the identification of negative repercussions of the double shift on the health of teachers.pt_BR
dc.contributor.authorID15.1.8020pt_BR
Appears in Collections:Engenharia de Produção - JMV

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_ConciliaçãoTrabalhoDocente.pdf2,4 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons