Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2260
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Marlon Garcia dapt_BR
dc.contributor.authorSantos, Izabella da Rocha-
dc.date.accessioned2019-12-19T16:49:59Z-
dc.date.available2019-12-19T16:49:59Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationSANTOS, Izabella da Rocha. A influência da arte no processo de desfetichização da vida cotidiana: particularidade, partidarismo e luta de classes. 2019. 70 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas.Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2260-
dc.description.abstractO presente trabalho, partindo de experiências e reflexões da autora na sua trajetória no curso de Serviço Social da Universidade Federal de Ouro Preto, expõe um estudo bibliográfico que apresenta a partir da categoria da vida cotidiana, estudada por György Lukács na obra A peculiaridade do estético, o contexto das relações do indivíduo com o mundo, nos processos autoconstitutivos do humano e das suas categorias, compreendendo também as determinações, as vivências sociais no conjunto contemporâneo, capitalista, de exponenciação dos modos e das formas de ser, de pensar e de sentir fetichizadas. Traz as categorias da realidade para determinações mais precisas da peculiaridade e da força do reflexo estético e artístico, no âmbito da filosofia histórico-materialista, marxista, com um estudo e discussão pautados nas categorias do singular, do particular e do universal. Essas categorias são identificadas à objetividade, no sentido que suas correspondências e relações se dão na vida cotidiana, nos processos de humanização e na história; elas portam existência objetiva, características da própria realidade. Também são categorias refletidas de diversas formas, nos diferentes campos da atuação humana, como aquele que é próprio do estético e do artístico. Nesse campo de reflexo e atuação, as representações da realidade e as formas criativas se concentram no campo da particularidade, ultrapassando tanto os limites do fenomênico e do singular, como os limites do conceitual e do universal. Verificou-se, portanto, a arte e o estético como potencialidades dissolutores dos fetiches, dos limites da subjetividade diante da aparência das coisas, tratando essa questão fundamentada também numa discussão da categoria do partidarismo, considerando ainda trabalhos desenvolvidos na UFOP nos níveis do ensino e da extensão universitária, bem como uma aproximação à obra “Sentimento do mundo” de Carlos Drummond de Andrade, com o objetivo de salientar a importância e a potência desses trabalho e expressões para a expansão da subjetividade humana rumo à um novo horizonte societário.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectArte - filosofiapt_BR
dc.subjectServiço socialpt_BR
dc.subjectRealismo estéticopt_BR
dc.subjectEstética na literaturapt_BR
dc.titleA influência da arte no processo de desfetichização da vida cotidiana : particularidade, partidarismo e luta de classes.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeBertollo, Kathiuçapt_BR
dc.contributor.refereeSouza, Carina dept_BR
dc.contributor.refereeSilva, Marlon Garcia dapt_BR
dc.description.abstractenThe present work, starting from experiences and reflections of the author in her trajectory in the course of Social Work of the Federal University of Ouro Preto, exposes a bibliographical study that presents from the category of everyday life, studied by György Lukács in the book The peculiarity of aesthetics, the context of individual's relations with the world, in the self-constitutive processes of the human and categories, including determinations, experiences in the contemporary, capitalist set of exponentiation of modes and fetishized ways of being, thinking and feeling. Brings the categories of reality for more precise determinations of the peculiarity and strength of the aesthetic and within the historical-materialist, Marxist philosophy, with a study and discussion based on the categories of singular, particular and universal. These categories are identified to objectivity, in the sense that their correspondences and relationships occur in everyday life, in humanization processes and in history; they carry objective existence, characteristics of reality itself. Are also categories reflected in different ways, in the different fields of human action, as one that is proper to the aesthetic and the artistic. In this field of reflection and performance, representations of reality and creative forms focus on the field of particularity, surpassing both the limits of the phenomenal and the as the boundaries of the conceptual and the universal. Therefore, the art and aesthetics as dissolutive potentialities of fetishes, of the limits of subjectivity in the face of the appearance of things, addressing this grounded also in a discussion of the partisanship category, also considering Works developed at UFOP at the educational and university level, as well as an approach to Carlos Drummond de Andrade's “Feeling of the World”, in order to emphasize the importance and potency of these work and expressions for the expansion of human subjectivity towards a new societal horizon.pt_BR
dc.contributor.authorID15.2.3207pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_InfluênciaArteProcesso.pdf3,02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons