Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/211
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Albená Nunes dapt_BR
dc.contributor.authorPontes, Washington Martins-
dc.date.accessioned2016-08-08T12:49:47Z-
dc.date.available2016-08-08T12:49:47Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationPONTES, Washington Martins. Avaliação da percepção da qualidade de vida de crianças e adolescentes de 9 a 17 anos de escola pública. 2016. 31 f. Monografia (Graduação em Educação Física) - Centro Desportivo, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/211-
dc.description.abstractA importância do estudo sobre a percepção da qualidade de vida de crianças e adolescentes vem crescendo. Além disto, vários instrumentos que avaliam as características físicas, psíquicas, emocionais e sociais destes sujeitos, vêm sendo desenvolvidos e aplicados ao longo dos anos. Utilizou-se o questionário PedsQL em escolas públicas na intenção de buscar um melhor entendimento sobre esta temática e contribuir para o desenvolvimento de estratégias que resultem em um melhor aproveitamento acadêmico desses alunos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a percepção de qualidade de vida de crianças e adolescentes estudantes das escolas públicas da cidade de Iturama no estado de Minas Gerais. Este estudo trata-se de estudo transversal incluindo 61 crianças sendo 30 do sexo feminino e 31 do sexo masculino com idade entre 9 3 17 anos, que frequentavam a rede pública de ensino. O instrumento de coleta de dados foi composto por um questionário de qualidade de vida, o PedsQL TM 4.0. O resultado global demonstrou que crianças e adolescentes do sexo masculino tiveram uma melhor percepção a respeito da sua qualidade de vida global quando comparados a crianças e adolescentes do sexo feminino. Outro resultado importante foi que crianças que não repetiram de ano letivo obtiveram um melhor resultado na avaliação da qualidade de vida global em comparação as crianças que repetiram de ano. Podemos concluir que crianças e adolescentes do sexo masculino apresentam uma melhor percepção para a qualidade de vida e a qualidade de vida pode esta associada à reprovação escolar.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectSaúdept_BR
dc.subjectQualidade de vidapt_BR
dc.subjectCrianças e adolescentespt_BR
dc.subjectEscolas públicaspt_BR
dc.titleAvaliação da percepção da qualidade de vida de crianças e adolescentes de 9 a 17 anos de escola pública.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 02/02/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereePinto, Kelerson Mauro de Castropt_BR
dc.contributor.refereeAntonelli, Paulo Ernestopt_BR
dc.description.abstractenThe importance of the study on the perception of quality of life of children and adolescents is growing. In addition, various instruments that assess the physical, mental, emotional and social of these subjects have been developed and applied over the years. We used the questionnaire PedsQL in public schools in an attempt to get a better understanding of this issue and contribute to the development of strategies that result in better academic achievement of these students. The aim of this study was to evaluate the perception of quality of life of children and adolescents students from public schools in Iturama in the state of Minas Gerais. This study is cross-sectional study including 61 children and 30 females and 31 males aged 9 3 17, who attended public schools. The data collection instrument consisted of a questionnaire of quality of life, PedsQL TM 4.0. The overall result showed that children and adolescent males have a better perception of their overall quality of life when compared to children and adolescent females. Another important result was that children who did not repeat a school year obtained a better result in the assessment of the overall quality of life compared children who repeated a grade. We can conclude that male children and adolescents have a better feel for the quality of life and quality of life can this associated with school failure.-
Appears in Collections:Educação Fisíca - Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AvaliaçãoPercepçãoQualidade.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons