Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1518
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBertollo, Kathiuçapt_BR
dc.contributor.authorSilva, Lais Stefani da-
dc.date.accessioned2018-12-19T15:24:24Z-
dc.date.available2018-12-19T15:24:24Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationSILVA, Lais Stefani da. O exercício profissional do assistente social no CRAS Cabanas em Mariana-MG. 2018. 70 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1518-
dc.description.abstractNessa pesquisa analisam-se as condições de trabalho dos assistentes sociais no âmbito da política de assistência social, utilizando-se como base do estudo as referidas transformações no mundo do trabalho, a contrarreforma do Estado e a desregulamentação do município de Mariana/MG. Para realizar a análise se desenvolverá uma pesquisa de campo qualitativa com assistentes sociais que trabalham na política de assistência social no CRAS situado no bairro Cabanas na Cidade de Mariana/MG. Nesse sentido se desenvolverá esta pesquisa com base nos seguintes âmbitos de discussão: mudanças no cotidiano profissional; avanços, desafios e limites ao exercício profissional; articulação do projeto ético-político-profissional; autonomia profissional; precarização do trabalho e as políticas sociais no atendimento das demandas dos usuários. Assim buscaremos construir uma reflexão e análise sobre o exercício profissional dos assistentes sociais e as atuais condições de trabalho dos profissionais diante das transformações do mercado, do Estado e da Sociedade Civil. No campo da política de assistência social ocorreram importantes mudanças, as quais precisam ser apreendidas pelos profissionais. Dessa forma propõe se que os assistentes sociais devem repensar seu exercício profissional instituindo o fortalecimento da intervenção profissional a partir do trabalho direcionado a defesa dos direitos e a ampliação da cidadania.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectContra-reformapt_BR
dc.subjectAssistente socialpt_BR
dc.subjectAmbiente de trabalhopt_BR
dc.subjectPolitica socialpt_BR
dc.subjectNeoliberalismopt_BR
dc.titleO exercício profissional do assistente social no CRAS Cabanas em Mariana-MG.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo (a) autor(a) em 19/12/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeLeão, Paula Silvapt_BR
dc.contributor.refereeCarrara, Virgínia Alvespt_BR
dc.contributor.refereeBertollo, Kathiuçapt_BR
dc.description.abstractenThis study analyzes the working conditions of social workers in the context of social assistance policy, using as basis of the study the aforementioned transformations in the world of work, the counter-reform of the State and the deregulation of the municipality of Mariana / MG. To carry out the analysis, a qualitative field research will be developed with social workers working in the social assistance policy at CRAS located in the Cabanas neighborhood in the City of Mariana / MG. In this sense, this research will be developed based on the following areas of discussion: changes in professional daily life; advances, challenges and limits to professional practice; articulation of the ethical-political-professional project; professional autonomy; precarization of work and social policies in meeting the demands of users. Thus, we will seek to construct a reflection and analysis about the professional practice of social workers and the current working conditions of professionals in face of the changes in the market, the State and Civil Society. There have been important changes in the field of social assistance policy, which need to be apprehended by professionals. In this way, it is proposed that social workers should rethink their professional practice by instituting the strengthening of professional intervention based on the work directed to the defense of rights and the extension of citizenship.pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_ExercicioProfissionalAssistente.pdf809,96 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons