Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1493
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSebastião, Elza Conceição de Oliveirapt_BR
dc.contributor.advisorMendonça, Alessandra Esther dept_BR
dc.contributor.authorDuarte, Rafael Vieira-
dc.date.accessioned2018-12-17T13:02:21Z-
dc.date.available2018-12-17T13:02:21Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationDUARTE, Rafael Vieira. Cartilhas educativas digitais para promoção da saúde da mulher e da criança. 2018. 61 f. Monografia (Graduação em Farmácia) - Escola de Farmácia. Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1493-
dc.description.abstractDiversos são os problemas que impactam na saúde da comunidade de Ouro Preto e Mariana, desde a violência contra mulheres e crianças até a falta de condições de higiene básica. A falta ou insuficiência de conhecimento na comunidade sobre estes diversos problemas é um dos principais motivos para persistência dos mesmos, mostrando a necessidade de ações que possam intervir neste processo. Educação em saúde é uma das ações mais utilizadas para diminuir estes riscos, tendo como objetivo disseminar o conhecimento sobre diversos assuntos relacionados à saúde e despertar um pensamento crítico sobre os diferentes temas. Foi realizado um diagnóstico situacional, apontando os diversos indicadores de saúde e realizadas pesquisas em literaturas científicas e não cientificas. Este trabalho deu ênfase naqueles que se mostraram mais relevantes, sendo a violência contra a mulher e criança, uso racional de medicamentos e higiene e cuidados pessoais. As cartilhas tiveram como objetivo propagar informações sobre os temas escolhidos de forma clara e objetiva e estimular o senso crítico e corresponsabilização da comunidade, além de ser utilizado como material de educação em saúde por profissionais. Após a seleção dos dados foram confeccionadas cartilhas educativas em site gratuito de design gráfico com linguagem e imagens adequadas ao público alvo . Após a produção do material, seu conteúdo foi divulgado nas redes sociais Facebook e Instagram, obtendo um alcance de 7555 pessoas durante o mês de setembro de 2018. Este Alcance foi analisado e interpretado para entender melhor a importância de cada tópico tratado, avaliando assim o real impacto do material sobre estas mídias. Este material deve ser visto como um passo inicial no processo de educação em saúde, abrindo portas para ações mais praticas e integradas à comunidade.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectEducação - saúdept_BR
dc.subjectMulheres - saúde e higienept_BR
dc.subjectCrianças - saúde e higienept_BR
dc.titleCartilhas educativas digitais para promoção da saúde da mulher e da criança.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 14/12/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeSebastião, Elza Conceição de Oliveirapt_BR
dc.contributor.refereeMendonça, Alessandra Esther dept_BR
dc.contributor.refereeSerpa, Miguel Arcangelopt_BR
dc.contributor.refereeNascimento, Renata Cristina Rezende Macedo dopt_BR
dc.description.abstractenThere are several problems affecting the health of the community of Ouro Preto and Mariana, from violence against women and children to lack of basic hygiene. The lack or insufficiency of knowledge in the community about these various problems is one of the main reasons for their persistence, showing the need for actions that may intervene in this process. Health education is one of the most used actions to reduce these risks, aiming to disseminate the knowledge on several subjects related to health and to awaken critical thinking on the most diverse subjects. A Situational diagnosis was made, pointing out the different health indicators and researches in scientific and non-scientific literature. This work emphasized those that were most relevant, being violence against women and children, rational use of drugs and hygiene and personal care. After selecting the data, educational booklets were made in a free graphic design site with langua ge and images suitable for the target audience. As qualification strategies of the researchers on the topics addressed, periodic meetings were held with the objective of discussing and reflecting on the topics addressed. The booklets aimed to spread information on the chosen topics in a clear and objective way and to stimulate the critical sense and joint responsibility of the community, besides being used as material of health education by professionals. After the production of the material, its content wa s disseminated on social networks Facebook and Instagram, reaching a total of 7555 people during the month of September of 2018. This scope was analyzed and interpreted to better understand the importance of each topic covered, thus assessing the real impact of the material on these media. The material should be seen as an initial step in the health education process, opening doors to more practical and integrated actions in the community.pt_BR
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_CartilhasEducativasDigitais.pdf3,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.