Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1409
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCosentino, Daniel do Valpt_BR
dc.contributor.authorKoury, Fernanda de Quadros-
dc.date.accessioned2018-11-21T13:09:47Z-
dc.date.available2018-11-21T13:09:47Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationKOURY, Fernanda de Quadros. O plano trienal e a economia brasileira. 2017. 36 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1409-
dc.description.abstractEste trabalho busca analisar a relevância do Plano Trienal em meio aos programas de estabilização implantados durante as décadas de 30 e 60, reforçando a interpretação de que ele não foi só um plano arrocho de combate à inflação e estabilização macroeconômica, o mesmo propunha a transformação estrutural da economia brasileira enquadrada nas perspectivas teóricas do seu mentor, Celso Furtado. Então, para detalhar o estudo do Plano Trienal foi necessário realizar uma retrospectiva da história da economia do Brasil compreendida entre o período das consequências da Queda da Bolsa de Nova York (1929) ao fim do governo João Goulart (1964). Foram apontados os fatos econômicos mais relevantes de cada gestão ao longo do referido período, com foco no governo Goulart, cuja a herança recebida dos seus antecessores foi a estagnação do PIB e a economia com crescente inflação. Diagnosticou-se neste trabalho que a aplicação do Plano Trienal veio à luz no momento peculiar de forte mobilização política e social com uma profunda crise institucional e financeira. Apesar dos autores do plano terem elaborado a melhor experiência em planejamento que o país teve até então, em paralelo, Goulart lidou com turbulências internas e externas constantes que o impediram de contribuir mais para o desenvolvimento político-econômico-social nacional, que culminou no Golpe Militar de 1964.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectEconomia brasileirapt_BR
dc.subjectPolítica econômicapt_BR
dc.subjectEconomia - históriapt_BR
dc.subjectMacroeconomiapt_BR
dc.titleO plano trienal e a economia brasileira.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 01/03/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeCosentino, Daniel do Valpt_BR
dc.contributor.refereeOliveira, Paulo Roberto dept_BR
dc.contributor.refereeCosta, Ricardo André dapt_BR
dc.description.abstractenThis study aim to analyze the relevance of the Three-Year Plan Trienal amidst the stabilization programs implemented during the 1930 and 1960 decades, reinforcing the interpretation that it was not merely a plan to stabilize the macroeconomics and combat inflation, but rather, it also proposed the structural transformation of the Brazilian economy, molded in the theoretical perspectives of its mentor, Celso Furtado. A retrospective of the Brazilian economy history from the consequences of crash of the New York Stock Exchange (1929) to the end of the João Goulart government (1964) was done in order to detail the study of the Three-Year Plan. The most relevant economic facts of each management were pointed, focusing on the Goulart government, which inherited GDP stagnation and an increasing inflation economy. It was recognized in this work that the implementation of the Three-Year Plan appeared at a peculiar moment of strong political and social mobilization with a deep institutional and financial crisis. Although the plan’s authors elaborated the best planning experience the country have had so far, in parallel, Goulart handled constant internal and external upheaval that prevented him from contributing even more to a political, economic and social development - which culminated in the military coup of 1964.pt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_PlanoTrienalEconomia.pdf645,85 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons