Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1373
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAttílio, Luccas Assispt_BR
dc.contributor.authorMenezes, Ana Carmem Gomes-
dc.date.accessioned2018-10-08T14:44:32Z-
dc.date.available2018-10-08T14:44:32Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationMENEZES, Ana Carmem Gomes. Análise da relação entre a taxa de juros e o investimento sob a perspectiva da escola austríaca. 2018. 49 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1373-
dc.description.abstractO objetivo deste trabalho é analisar a relação entre a SELIC e a formação bruta de capital fixo (investimento) no Brasil no período 2003 - 2016. Baseado na teoria austríaca dos ciclos econômicos, com enfoque nos investimentos (formação bruta de capital fixo), procurou-se estudar a relação entre essa variável e as demais variáveis macroeconômicas, como o PIB, crédito/PIB, consumo das famílias e a taxa Selic durante os mandatos do governo Lula (2003-2010), o governo Dilma (2011-2014) e pós Dilma (2015-2016). A análise dos dados foi realizada por intermédio da estimação de um modelo vetorial de correção de erro (VEC), para verificar - por meio de estimativas de funções de impulso-resposta (FIR) e do teste de co-integração - a relação entre a formação bruta de capital fixo e as demais variáveis. A FIR e o modelo VEC mostraram que a resposta da formação bruta de capital fixo foi mais sensível aos choques na taxa Selic, demonstrando uma relação inversa entre as variáveis, indo ao encontro da ideia defendida pela teoria austríaca.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectTaxas de jurospt_BR
dc.subjectInvestimentospt_BR
dc.subjectCálculo vetorialpt_BR
dc.titleAnálise da relação entre a taxa de juros e o investimento sob a perspectiva da escola austríaca.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 23/03/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeAttílio, Luccas Assispt_BR
dc.contributor.refereeOliveira, Francisco Horácio Pereira dept_BR
dc.contributor.refereeDelgado, Victor Maia Sennapt_BR
dc.description.abstractenThe objective of this paper is to analyze the relationship between SELIC and gross fixed capital formation (investment) in Brazil between 2003 and 2016. Based on the Austrian theory of economic cycles, focusing on investments (gross fixed capital formation), it sought the relationship between this variable and the other macroeconomic variables, such as GDP, credit / GDP, household consumption and the Selic rate during the Lula (2003-2010), Dilma (2011-2014) and post Dilma (2015-2016). The analysis of the data was performed through the estimation of a vector error correction model (VEC), to verify - through estimates of impulse-response functions (FIR) and the cointegration test - the relationship between the gross fixed capital formation and the other variables. The FIR and the VEC model showed that the response of the gross fixed capital formation was more sensitive to the Selic rate shocks, showing an inverse relation among the variables, in keeping with the idea defended by the Austrian theory.pt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseTaxaInvestimento.pdf949,47 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons