Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1124
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMascarenhas, Raquel Motapt_BR
dc.contributor.authorAlbergaria, Marlene-
dc.date.accessioned2018-07-23T11:58:53Z-
dc.date.available2018-07-23T11:58:53Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationALBERGARIA, Marlene. O suicídio na contemporaneidade. 2018. 52 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1124-
dc.description.abstractO presente trabalho tem como objetivo analisar, a partir da perspectiva teórica marxista, o suicídio dentro do modo de produção capitalista. Através de uma pesquisa exploratória, apoiada no método histórico-dialético marxista, são analisados os fundamentos da constituição do ser social, a partir da categoria trabalho, observando sua evolução e suas particularidades contemporâneas, sinalizando sua condição de ser genérico, sua relação com a natureza e o processo de degradação dessa relação. Nesse sentido, analisam-se as relações sociais capitalistas, fundamentada na geração de valor através da exploração da força de trabalho para extração de mais-valia, observando, principalmente, a partir das categorias de alienação, fetichismo e reificação. Desse modo, o entendimento central é de que o suicídio é uma expressão da luta de classes, logo, trata-se de algo inerente ao modo de produção capitalista, pois é de sua natureza produzir e reproduzir esse fenômeno. Isto é, o comportamento suicida é uma das sínteses do processo de degradação e desumanização do ser humano diante as relações sociais de exploração e opressões dessa sociabilidade, o qual se constitui como uma estratégia de fuga dos indivíduos seja do lugar social de explorado, vítima, ou explorador, carrasco.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectSuicídiopt_BR
dc.subjectServiço socialpt_BR
dc.subjectTrabalhopt_BR
dc.subjectCapitalismo - aspectos sociaispt_BR
dc.titleO suicídio na contemporaneidade.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo (a) autor(a) em 20/07/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeMayer, André Luiz Monteiropt_BR
dc.contributor.refereeQueiroz, Viviane dept_BR
dc.contributor.refereeMascarenhas, Raquel Motapt_BR
dc.description.abstractenThe present work analyze, from marxist theory, suicide within capitalist production mode. Through exploratory research, based marxist historical-dialectical method, analyzed foundations and constitution the social being, starting work category, observing its evolution and contemporary particularities, signaling condition being generic, its relation with nature and process degradation this relationship. In this sense, capitalist social relations are analyzed, based generation of value through exploitation labor force to extract surplus value, observing, mainly, categories alienation, fetishism and reification. Thus, the central understanding is suicide expression of class struggle, so something inherent in capitalist mode production, its nature produce and reproduce this phenomenon. That is, suicidal behavior is one syntheses process degrading and dehumanizing human being in face social relations exploitation and oppression this sociability, which signals a strategy escape individuals from social place of exploited, victim, or exploiter, executioner.pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_SuicídioContemporaneidade.pdfMonografia completa599,33 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons