Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1005
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCoração, Cláudio Rodriguespt_BR
dc.contributor.authorLana, Larissa Marques Vidigal-
dc.date.accessioned2018-06-18T14:05:12Z-
dc.date.available2018-06-18T14:05:12Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationLANA, Larissa Marques Vidigal. Elis Regina : o poder da voz da Pimentinha em 'Falso Brilhante'. 2018. 57 f. Monografia (Graduação em Jornalismo) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1005-
dc.description.abstractO estudo busca identificar o conjunto das formas simbólicas que dão sentido comunicativo ao disco Falso Brilhante, de 1976, da cantora Elis Regina, revelando particularidades como a ambiência e atmosfera, a imagem da juventude relacionada à performance da cantora, o sentimento latino-americano e o espírito do tempo. O disco permite fixar um recorte da obra da cantora, trazendo a possibilidade de analisar as questões propostas. Falso Brilhante foi lançado um ano após a turnê do espetáculo com mesmo nome e conta com 10 canções gravadas em estúdio. Teve influências de diversos estilos musicais, como o rock, o bolero e a valsa. É importante compreender o momento em que ele foi lançado para pensar a inserção e o diálogo contextual do disco.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectElis Reginapt_BR
dc.subjectJuventudept_BR
dc.subjectPerformance - artept_BR
dc.subjectMúsica popularpt_BR
dc.titleElis Regina : o poder da voz da Pimentinha em 'Falso Brilhante'.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 12/03/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeCoração, Cláudio Rodriguespt_BR
dc.contributor.refereePrado, Denise Figueiredo Barros dopt_BR
dc.contributor.refereeJácome, Phellipy Pereirapt_BR
dc.description.abstractenThe study seeks to identify the set of symbolic forms that give a communicative meaning to Elis Regina's Falso Brilhante record of 1976, revealing particularities such as the ambience and atmosphere, the image of the youth related to the singer's performance, the Latin American feeling and the spirit of time. The disc allows to fix a cut of the work of the singer, bringing the possibility to analyze the questions proposed. Falso Brilhante was released a year after the tour of the show with the same name and features 10 songs recorded in the studio. It had influences of diverse musical styles, like the rock, the bolero and the waltz. It is important to understand the moment when it was launched to think about insertion and contextual dialog of the disk.pt_BR
Appears in Collections:Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_ElisReginaVoz.pdf1,94 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons